Críticas
2 de março de 2015

Sinopse

A chegada de lampião no inferno

Sinopse

ESTREIA: ABRIL DE 2009

LOCAL: TEATRO III DO CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL, RIO DE JANEIRO

ELENCO ORIGINAL: LILIANE XAVEIR, MARISE NOGUEIRA, GUSTAVO BARROS, MÁRCIO NASCIMENTO, THIAGO PICCHI

INDICAÇÕES: PRÊMIO SHELL DE TEATRO (MELHOR CENOGRAFIA E MELHOR ILUMINAÇÃO)

No ano em que completa dez anos, a Cia. PeQuod mergulha de cabeça na cultura brasileira para criar um espetáculo em que funde com radicalidade tradição e modernidade. Livremente inspirada no cordel de mesmo nome, mas também citando o périplo dantesco da Divina Comédia, a peça encontra-se dividida em dois momentos distintos: o primeiro sem palavras e todo feito com bonecos, e o segundo (que trata da ida do Capitão Virgulino às profundas do inferno) combinando de maneira livre e surpreendente atores, bonecos e objetos. A trilha sonora de André Abujamra ajuda a pontuar o lirismo e o horror de uma história que vai até o fim do mundo para mostrar de que barro o nordestino é feito.

ABRIL DE 2009

LOCAL: TEATRO III DO CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL, RIO DE JANEIRO

ELENCO ORIGINAL: LILIANE XAVEIR, MARISE NOGUEIRA, GUSTAVO BARROS, MÁRCIO NASCIMENTO, THIAGO PICCHI

INDICAÇÕES: PRÊMIO SHELL DE TEATRO (MELHOR CENOGRAFIA E MELHOR ILUMINAÇÃO)

No ano em que completa dez anos, a Cia. PeQuod mergulha de cabeça na cultura brasileira para criar um espetáculo em que funde com radicalidade tradição e modernidade. Livremente inspirada no cordel de mesmo nome, mas também citando o périplo dantesco da Divina Comédia, a peça encontra-se dividida em dois momentos distintos: o primeiro sem palavras e todo feito com bonecos, e o segundo (que trata da ida do Capitão Virgulino às profundas do inferno) combinando de maneira livre e surpreendente atores, bonecos e objetos. A trilha sonora de André Abujamra ajuda a pontuar o lirismo e o horror de uma história que vai até o fim do mundo para mostrar de que barro o nordestino é feito.